GERAÇÃO: BRINQUEDOS E
BRINCADEIRAS NA DÉCADA DE 1990

Exposição GERAÇÃO: BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA DÉCADA DE 1990- 2013 

Palavras-chave: Brinquedos, brincadeiras, década de 1990, cultura imaterial.

Problema de pesquisa: Os brinquedos e brincadeiras diferem ao passar dos tempos?

Objetivo Geral: Promover, nos visitantes da exposição, reflexões sobre brinquedos e brincadeiras de diferentes épocas a partir de exemplares da década de 1990.

Resumo:  Buscando promover reflexões sobre brinquedos e brincadeiras em diferentes épocas, a exposição foi desenvolvida a partir de uma pesquisa qualitativa baseada em levantamento bibliográfico, pesquisas sobre brinquedos e brincadeiras da década de 1990 e recolhimento de objetos de época. Os resultados obtidos foram reflexões sobre os diferentes tipos de brinquedos e brincadeiras existentes em diferentes épocas.

 

A exposição ‘Gerações: Brinquedos e brincadeiras na década de 1990’ foi idealizada pela segunda turma do curso de Museologia da Universidade de Brasília. O recorte temporal tem o objetivo de trabalhar as influências dos brinquedos eletrônicos e da mídia no comportamento infantil durante a década de 1990,  buscando suscitar reflexões sobre as transformações ocorridas nas formas de brincar.

Não é de hoje que as brincadeiras e os brinquedos  são reconhecidos na área de educação por envolvem processos importantes como o desenvolvimento social infantil. Brinquedos como quebra-cabeça, diversos jogos de tabuleiro, blocos de montar, cadernos de colorir, entre outros estimulam e facilitam o processo de aprendizagem das crianças. Mas qual a importância dos brinquedos eletrônicos para o desenvolvimento social das crianças?

 A partir desta de 1990, intensificou-se o consumo e utilização de brinquedos eletrônicos, fazendo com que as brincadeiras fossem cada vez mais individuais, sendo os aparelhos eletrônicos os mediadores da relação existente entre a criança e os os jogos eletrônicos. No caso do videogame, a interação a partir de um único jogador estimulou ao ato de jogar com a máquina. Nesta década, também teremos a vinda dos computadores para o Brasil, o que possibilitará ao surgimento dos jogos de videograme para computadores.

Contudo, nos anos 90, brincadeiras como os jogos de tabuleiros, brincadeira de boneca, pipa, amarelinha, bola, brincadeira de fazer comida coexistirão com formatos eletrônicos e provenientes de programas de televisão como as bonecas que falam e andam, máquinas que fazem sorvete, por exemplo. É nesta perspectiva que a exposição Gerações desenvolveu o seu discurso expositivo baseado nas memórias destas épocas, registradas através dos brinquedos e das brincadeiras desta época.

Visitem-nos! O horário de funcionamento da exposição será do dia 04 ao dia 22 de fevereiro de 2013,  das 10h às 19h, na sala de exposições da Biblioteca Central da UnB, no Campus Darcy Ribeiro, Asa Norte.

 

Local: Sala de Exposições da BCE

Visitação: 04 a 08 de fevereiro de 2013

Materiais digitais produzidos :

Site: http://exposicaogeracoes.wix.com/geracoes

Facebook:  https://www.facebook.com/ExposicaoGeracoes?ref=stream

Flick :  https://www.flickr.com/photos/exposicaogeracoes/

Vídeos:

http://youtu.be/x4vVRcRb3Dw

https://www.youtube.com/channel/UCKRkMQI2vi38J28pf6KC-xw

http://youtu.be/Rl555I8xr6M

Entrevistas:  http://youtu.be/Wzb9V6-YLRA

Outros:

UnB Agência  http://www.unb.br/noticias/unbagencia/unbagencia.php?id=7560

UNBTV –   http://youtu.be/BeJI5-pnV90

IBRAM- http://www.museus.gov.br/brincar-nos-anos-90-estudantes-de-museologia-da-unb-fazem-exposicao/

FICHA TÉCNICA

Estudantes: Aline Macedo, Sarah Figueira Ramos, Raniel da Conceição Fernandes, Priscila Mendes de Almeida, Vinicius Carvalho Pereira, Clarissa Pêgas e Souza ,Poliana Ferreira Rocha,  Marcela Villa Real F. Tavares, Mateus Mascarenhas Melis, Luciana Torres de Mello Jatobá, Amanda Barros Souza e Ana Maria Duarte Frade.

Visit Us On YoutubeVisit Us On FacebookVisit Us On Twitter